Debate com blogueiros mirins na Campus Party

Outro debate bem bacana que assistimos na terça-feira foi o “Grande rede, pequenos produtores”, com tweens que têm blogs.



Participaram do debate três blogueiros:

Joaquim Lo Prete (que tem um blog sobre futebol),
Victoria Bastos (que tem um blog sobre cotidiano) e
João Montanaro (que tem um blog onde publica suas tirinhas – que são muito bem feitas, por sinal).

Também participaram da conversa a mãe de Victoria, Maria Fernanda Bastos , e o ilustrador Fábio Yabu.

Achei essa a palestra mais bacana do primeiro dia.
A participação dos pequenos blogueiros foi muito legal, em especial a do Joaquim, autor do blog do Joca.

Com um desprendimento incrível, esse menino, mais do que bem articulado, falou sobre como resolveu criar seu blog, onde escreve sobre futebol. A idéia veio porque ele não concordava com muitas das coisas que alguns jornalistas esportivos diziam e, assim, viu que precisava ter um lugar para poder colocar a sua própria opinião sobre os fatos.

A Victoria disse que, logo que começou a entrar na internet, sua mãe tinha as senhas de todos os seus perfis nas redes sociais. Mas hoje, já conseguiu permissão para ter suas próprias senhas sem ter que contá-las para ela.

Contudo, o que mais me impressionou foi quando Joca disse que assina as atualizações de 30 blogs em seu Google Reader, que ele acompanha diariamente. Digo que isso me impressionou, principalmente por dois motivos: 1) o uso dessa ferramenta, que ainda não é nem um pouco difundida entre crianças dessa idade, e 2) o fato de Joca já estar absorvendo uma quantidade imensa de informações.

A organização do Joca, principalmente, e dos outros participantes, é admirável. Eles dizem elencar prioridades na sua vida – em primeiro lugar, vem a escola, e depois, brincar ou atualizar os blogs. Já o João, encara as tirinhas que faz como um trabalho, e diz que certas vezes deixa de brincar e jogar futebol para fazer suas tirinhas.



Claro que as crianças que participaram do debate não são como a média brasileira. Contudo, o perfil delas dá uma idéia do potencial que as redes sociais têm com esse target, que provavelmente, cada vez mais se tornará produtor de conteúdo.

Se você quiser ler mais sobre esse debate pode dar uma passada no Crianças e Mídia, da Elisa Araújo. Ela também estava na palestra segunda e fez um post superbacana sobre o encontro.

This entry was posted in w3haus. Bookmark the permalink.

Comments are closed.